New Year SALE
$200 OFF Until JAN 31st
Request Mobile Site
x

Tudo o que precisa de saber sobre carros japoneses

Car Advisor Tamotsu Todoroki

Juntei-me à AGASTA CO. e fiz compras de viaturas durante alguns anos. Depois mudei-me para o Departamento de Vendas e comecei esta coluna sobre carros usados ​​japoneses. Aconselho viaturas e partilho uma boa dose de conhecimentos.

Posted:

Don't Ignore the Water Temperature of Your Car - Vol.89

Os carros precisam de muito cuidado e atenção. Se os cuidados ideais forem tomados, os carros poderão durar até três vezes mais do que em caso contrário. As pessoas tendem a comprar um carro e, depois, esquecer a sua manutenção regular. Ora, isso custa muito mais dinheiro a longo prazo, pois o carro se desgasta de forma mais rápida do que o normal nesse caso.

Os custos de manutenção regulares não são muito elevados. A manutenção demora relativamente pouco tempo, mas o seu carro terá um desempenho melhor e durará mais tempo. A maioria dos aspetos regulares a estar atento é fácil e pode ser feita em casa, sem ir a uma oficina.

Um elemento muito importante na manutenção do seu carro é controlar a temperatura da água no carro. O indicador de temperatura é um dispositivo instalado por defeito em cada carro. Muitas pessoas têm o hábito de ignorar o indicador e estar atentas a outros elementos tais como o óleo de motor, por exemplo. É ideal controlar o óleo de motor e mudá-lo de forma regular, mas a temperatura da água é uma parte essencial da manutenção do seu carro. Especialmente nas regiões mais frias do mundo, as pessoas tendem a esquecer a necessidade de monitorizar a temperatura da água.

A temperatura da água tem de ser regularmente controlada, visto a água do radiador ser um agente de arrefecimento do motor. Um motor de combustão normal concebe uma grande quantidade de calor durante a condução. Esse calor é combatido pela ventoinha e pela água. A água mantém o motor e o resto do carro frios de uma forma geral. Na verdade, se o motor estiver a aquecer, poderá afetar a temperatura no interior do carro.

Em países quentes, há que constantemente verificar e substituir a água, pois a temperatura ambiente atua como outro elemento que faz com que o motor aqueça com mais facilidade, o que exige que o motor consuma mais água para arrefecer. Nos países mais frios, o motor mantém-se relativamente mais frio, pelo que menos água é consumida e, por conseguinte, o período de tempo entre cada adição/substituição é mais longo.

A água mantém o motor frio para melhorar o desempenho, reduzir o desgaste e manter a temperatura tão baixa quanto possível. O calor produzido pelo motor está a uma temperatura tão elevada que, se o nível de água não for monitorizado, poderá fazer com que o motor expluda. Líquido de arrefecimento insuficiente no radiador pode fazer com que o radiador expluda.

Pode também fazer com que os tubos, o distribuidor e a bobina sejam superaquecidos devido ao excesso de calor e, se uma grande quantidade de calor for produzida, poderá fazer com que o motor expluda. Estas são repercussões muito perigosas que a as pessoas leigas neste tópico não sabem. Estas repercussões não só implicam a substituição custosa das peças que são danificadas, mas também causam outros danos e muito stress.

Uma razão de por que as versões mais antigas dos Volkswagen Beetles falharam nas regiões mais quentes do mundo é que era um carro que tinha o seu motor na parte traseira, sem qualquer radiador. Isso fez com que o motor aquecesse de forma tão drástica que até pegava fogo.

O facto é que o controlo da temperatura da água é crucial. O calor desgasta o motor de forma muito mais rápida. Para assegurar a estabilidade e vitalidade longínqua do motor, a temperatura da água tem de ser considera fundamental e, por conseguinte, regularmente controlada pelo condutor. As pessoas que compreendem a importância da monitorização da temperatura da água até começaram a utilizar líquidos de refrigeração, os quais reduzem ainda mais a temperatura da água no motor. Isso porque, quando o motor está a funcionar, a água no motor também aquece e, portanto, a sua temperatura sobe, o que também causa danos ao motor.