Request Mobile Site
x

Tudo o que precisa de saber sobre carros japoneses

Car Advisor Tamotsu Todoroki

Juntei-me à AGASTA CO. e fiz compras de viaturas durante alguns anos. Depois mudei-me para o Departamento de Vendas e comecei esta coluna sobre carros usados ​​japoneses. Aconselho viaturas e partilho uma boa dose de conhecimentos.

Posted:

Maneiras Inteligentes de Evitar Pneus Furados - Vol.30

Um pneu furado é absolutamente comum para quem conduz carros. Um pneu pode furar numa longa viagem na autoestrada ou numa curta viagem na cidade. Independentemente onde esteja a conduzir, uma grande quantidade de materiais pontiagudos encontram-se sempre espalhados em muitas estradas e, como resultado, causam danos potenciais aos pneus. É realmente um aborrecimento quando isso acontece durante a condução, mas nada se pode fazer sobre isso para já, a não ser mudar o pneu, se quiser continuar a conduzir.

Com os desenvolvimentos recentes na tecnologia automóvel, saiba que os pneus foram testados e aprovados para suportar os perigos rodoviários. Os pneus são concebidos e criados com novos materiais mais duráveis. Para uma melhor prevenção, eis algumas dicas e maneiras de evitar um pneu furado.

Ao executar verificações de rotina no seu carro, não se esqueça de verificar os seus pneus também. Verifique a pressão dos pneus e o piso de rodagem. Como regra geral e recomendação, é melhor substituir os pneus depois de cinco anos de uso. Pode-se ver de forma fácil se os pneus ainda estão aptos para conduzir ou se já estão desgastados. Há também ferramentas e equipamentos para o controlo e a manutenção adequada em oficinas de mecânica. Se costuma regularmente conduzir em vias acidentadas, também deverá verificar o carro numa base regular. Mantenha o seu cronograma de manutenção sempre que possível.

Quando precisar de parar num posto de combustível, verifique a pressão dos pneus de vez em quando. Os pneus em bom estado podem sempre perder o ar depois de alguns meses de uso, ou em menos tempo se surgir algum problema entretanto. Verifique o manual do carro para tomar conhecimento sobre a pressão apropriada. Os fabricantes de carros colocam essa informação na área do condutor ou no reservatório de combustível. A pressão máxima exercida na parede lateral do pneu serve apenas para indicar a quantidade máxima possível para ajustar a pressão do pneu. É aconselhado que utilize a informação fornecida pelo fabricante.

Quando sair de viagem, verifique os pneus por si próprio. Inspecione ao redor dos pneus pela presença de pequenas fissuras nas paredes laterais. Estas indicam deterioração e isso significa que se deve substituir o pneu. Verifique também o piso de rodagem dos pneus. Barras de desgaste da banda são colocadas em determinadas áreas do pneu. Se as nervuras adjacentes do pneu forem da mesma altura que a da barra, será necessário substituir o pneu. Verifique os indicadores de desgaste de vez em quando. Além de pneus furados, ter uma boa banda de rodagem também pode evitar deslizamentos e derrapagens ao passar por uma estrada com o piso molhado. Estas são todas boas razões para aprender a realizar verificações numa base regular.

Pode procurar por materiais e substâncias que possam proteger os pneus. Pode instalar guardas de pneus para resistir à punção. Pode também procurar por sprays com substâncias criadas para reforçar os pneus. Estas são formas adicionais de proteção dos pneus, com o propósito de impedir que os pneus sejam furados, pois fazem com que fiquem mais fortes e, portanto, mais duráveis. É bom estar ciente das opções disponíveis. Afinal de contas, ao proteger o seu carro, estará a proteger-se e aos passageiros de possíveis danos.

Estas dicas não só ajudá-lo-ão a evitar pneus furados, mas poderão garantir uma condução segura e poupar dinheiro a longo prazo. A reparação de carros pode ser cara, por isso, é melhor procurar maneiras de as prevenir. É também mais fácil e menos stressante manter os seus pneus em boas condições do que esperar que os estragos sejam feitos e, como resultado, tenha de substituir um ou diversos pneus na estrada. Siga estas dicas e poderá chamar-se um condutor inteligente.